Pages

sábado, 29 de janeiro de 2011

ok, i love you. But is secret.

 
Admito: Eu te amo. Nunca deixei de amar. Ponto.
Me derreto toda quando você diz que me ama, de brincadeira
e meu rosto fica quente quando te vejo. Isso é tão constrangedor.
Mas o pior de tudo, é sentir tudo isso e manter em segredo.
Odeio reprimir o que sinto. Mas sei que, todo esse esforço é por um
bem maior: Nossa amizade.
É, acho que consigo conviver com isso.

4 comentários:

  1. tão profuunda,, ta bombando o blogg

    ResponderExcluir
  2. oiii, minha primeira visita e já vou seguir rsss, gostei muito do blog, estilo "diario pessoal e variações de assuntos", sobre o amor deste post posso dizer que quimicamente é involuntário essa liberação hormonal, fazendo com que as vezes sofremos, mas TUDO passa no tempo, nada fica #fato !!!

    www.studiobblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. gostei do blog.

    adorei o post. quem nunca amou em silêncio?!

    ganhou mais um seguidor.

    www.crazylittlethingcalledmusic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. isso é verdade, amar em silêncio para se preservar algo maior :) parabéns pelo post... Lindo

    ResponderExcluir